A Capital Federal

Nesta obra temos um retrato bem-humorado da sociedade carioca do final do século XIX. Personagens que representam os tipos que circulavam na cidade desfilam neste texto leve e alegre. Escrita em 1897, é uma comédia-opereta em 3 atos e 12 quadros. Aqui o burlesco comparece de corpo inteiro, dando-nos uma visão panorâmica da sociedade carioca da belle époque, com as cortesãs, as cocotes, as mulatas falantes, os cafés-concerto, as músicas alegres, todas as liberalidades e os desfrutes da recém-criada metrópole republicana, em que se deslumbrou o tradicionalismo provinciano.

Autor: Artur Azevedo
Gênero: Comédia – Opereta
Personagens: +30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s