Uma verdadeira ESCOLA DE ROCK- Em cartaz até – 15 de Dezembro

Nós do TeE conferimos em primeira mão o musical Escola do Rock que estreia essa quinta, 15, no Teatro Santander ás 20h30.
Quer sabe o que achamos? Te contaremos agora!! Mas antes um breve “resumo”.

Baseado na comédia de 2003, estrelada por Jack Black, e produzida pelo Atelier de Cultura a montagem gira em torno de Dewey Finn (interpretado aqui pelo excelente Arthur Berges), um cantor e guitarrista de rock que é demitido de sua banda, e posteriormente, para conseguir pagar o aluguel, se disfarça como professor substituto em uma prestigiosa escola preparatória e monta uma banda de rock com seus alunos, quebrando regras e paradigmas, e tudo para poder concorrer em uma batalha de bandas. Com isso Dewey ensina aos seus alunos muito sobre o Rock’n Roll, e como lição de casa empresta seus tão amados Cds para as crianças ouvirem e entenderem esse maravilhoso universo. 
Além da trilha original, o texto faz menções a clássicos do rock, como “Smoke on the Water” e “Satisfaction”.

Aliás, quebras de regras e paradigmas é o que a peça mais nos ensina, pois nos mostra que podemos ser aquilo que queremos, independente do que os outros dizem ou querem de nós, e isso fica evidente com a mudança de comportamento das crianças.
E o que são essas crianças? Elas dão um show a parte com seus instrumentos e suas vozes!
O elenco que fica responsável por interpretar Zack, Lawrence, Katie e Freddie tocam os instrumentos ao vivo, e diga-se de passagem, que talento!
Escola do Rock conta com 3 elencos de crianças totalizando 42 pequenos artistas, e 4 crianças de cada elenco formam a banda. Talvez seja esse o maior desafio de toda a produção.

Não podemos deixar de falar também das grandes atuações de Sara Sarres e Cleto Baccic, que interpretam Rosalie Mullins, a diretora de Horace Green e Ned Schneebly, o tímido colega de quarto de Dewey.  Eles conseguem trazer a ideia que todos temos uma fachada, mas escondemos quem realmente somos por dentro, bastando só o incentivo para nos libertar e acontecer a transformação, a “virada da chavinha”, que nesse caso, é o rock.
O elenco conta também com nomes como Thais Piza, Thiago Perticarrari, Bruno Sigrist, Bernardo Berro, Tchello Gasparini, Jana Amorim, Clarty Galvão, Kelia Bueno, Laura Carolinah, Leilane Teles, Luciana Artusi, Roberta Jafet, Abner Depret, Cadu Batanero, Fabricio Negri, Guilherme Leal, Mau Alves e Tony Germano.

Muito sensacional é o cenário do espetáculo, ele se movimenta em diversos momentos e os próprios atores montam e desmontam de uma forma que faz parte do roteiro, não parece que estão arrumando o cenário para a próxima cena. Tudo muito bem “amarrado”.
Você tem que assistir!!

A peça ficará em cartaz no Teatro Santander até 15 de dezembro
Quintas  e sextas: 20h30
Sábado e domingo: 15h e 18h30 
Teatro Santander – Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo
Ingressos: sympla.com.br

Texto por: Roberto Dalessio e Gabrielle Risso (mas pode me chamar de Gabi)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s