Fomos conferir: As Mulheres de Shakespeare

A peça As Mulheres de Shakespeare é estrelada pelas atrizes Suzy Rêgo e Ana Guasque, com dramaturgia de Thelma Guedes (escritora da novela ‘Órfãos da Terra’) e direção do britânico Luke Dixon, e nós do TeE fomos conferir na estreia e contamos tudo que achamos da peça, vem com a gente

Sinopse: Na trama, duas atrizes se encontram em um teatro para uma reunião de elenco, quando são surpreendidas por um temporal. Enquanto esperam pelo diretor e o restante da equipe, deparam-se com as mulheres de Shakespeare, memórias femininas que perpassam os séculos. E esse encontro faz com que se voltem para si mesmas, revendo e questionando os próprios conflitos.

Com uma proposta de cenário objetivo e realista, a peça conta a história de duas atrizes que se encontram no teatro para uma reunião de elenco, quando são surpreendidas por um apagão que as coloca de frente com as principais figuras femininas das obras de William Shakespeare, as quais as estórias trágicas ou cômicas fazem um paralelo com suas vidas pessoais.

Evitando uma interpretação romântica e exagerada das personagens, o que acontece com muitas montagens contemporâneas dos textos de Shakespeare, as atrizes trazem personagens humanizadas, sem apelar para clichês teatrais, construindo-as de forma sensível, mostrando que ambas possuem não só experiência, mas sim respeito e paixão pelo ofício da atuação. É gratificante ir ao teatro, especialmente grandes teatros comerciais como é o caso do Itália, e encontrar um trabalho minucioso e potente.

Mas a maior potência da peça está no retrato histórico da imagem da mulher através dos tempos. Nos deparamos com temas como o amor, submissão, transgressão, ambição, paixão, loucura e mitificação da santidade feminina, embalados em momentos ora dramáticos, ora humorísticos. Tais temas nos fazem refletir o tempo todo sobre como nossa sociedade constrói ideais e padrões femininos muitas vezes irreais, que seguem moldes de uma estrutura patriarcal, subjugando as mulheres e excluindo aquelas que ficam à margem de tais padrões.

Necessária e envolvente, a peça se estabelece como além de só entretenimento com rostos globais conhecidos no centro de São Paulo, tornando-se uma divertida forma de reflexão e uma escola de atuação para nós, vale a pena conferir!

Informações:
De 6 de setembro a 27 de outubro 
Às sextas e aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 18h 
Teatro Itália –Av Ipiranga 344 – República – São Paulo 
Informações: (11) 3255-1979 / (11) 3120-6945

Texto por: JOHN MARQUES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s