A origem da frase “Parte uma perna” no teatro

A frase, tão conhecida e popularizada, principalmente entre atores e outros integrantes do teatro, tem a sua origem no séc. XVI, na altura de Shakespeare, hoje vista com um certo grau de superstição e equivalente a “boa sorte”.  Nessa época, se a representação tivesse sido boa, o público colocava-se de pé e atirava moedas para o palco; o ator, em gesto de agradecimento, colocava um joelho em terra, quebrando assim a linha da perna. Este movimento começou, então, a estar associado a um bom espectáculo, sendo que os actores começaram a tradição com a expressão “break the leg line” (quebra a linha da perna), mais tarde abreviada para “break a leg”, ou seja, “parte uma perna”. 

Outra teoria seria essa: os atores acreditam que existem espíritos malignos que fazem de tudo para atrapalhar quem está no palco. Eles fazem tudo ao contrário do desejado. Então, se o desejo for de “boa sorte”, vai dar um azar danado. Melhor desejar algo ruim, muito ruim, para trazer boas energias.

E a última, menos macabra: as cortinas de um teatro são conhecidas em inglês como “legs”, ou “pernas”. Então, “breaking a leg” ou “quebrar uma perna” significa ultrapassar essa cortina e entrar em cena.

Bibliografia:
RTP 1 – <http://ensina.rtp.pt/artigo/parte-uma-perna-e-tradicao-do-teatro/&gt;
Guia dos curiosos – <http://guiadoscuriosos.uol.com.br/blog/datas-comemorativas/quebre-a-perna-e-outras-supersticoes-teatrais-para-nao-passar-apuros-no-halloween/&gt;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s