Richard Tarlton

Comediante mais famoso de sua idade, não se sabe a data exata do nascimento de Richard Tarlton, mas imagina-se que foi por volta de 1530 em Condover, Shropshire. Mas sabemos que morreu em 1588, logo depois de Shakespeare chegar a Londres.
Mudou-se ainda jovem para a capital inglesa, e lá trabalhou como taverneiro. Foi casado com uma mulher de reputação duvidosa. Escreveu baladas e ensinou esgrima.

Entre 1583 e 1595 entrou para a Queen’s Men, companhia de teatro da rainha Elisabete I, que visitou Stratford (cidade natal de Shakespeare) em 1587. Era conhecido como Lord of Myrth (Senhor da alegria), e dizem que ela mal havia entrado em cena quando começavam as risadas. Tarlton era baixinho, tinha o rosto largo, barba rala, nariz achatado, cabelos crespos e olhos que piscavam muito.
Dizem que era um dos favoritos da rainha, o único capaz de acabau com o mau humor real. Por mais brava que Elisabete I estivesse, era ver Richard Tarlton e a raiva ia embora.

É possível que Shakespeare estivesse se referindo a Tarlton em Hamlet, na cena que o príncipe entra com Horacio no cemitério e fala com o coveiro pegando um crânio na mão:

HAMLET: Deixa-me vê-lo. (Toma o crânio.) Pobre Yorick! Conheci-o, Horácio; um sujeito de chistes
inesgotáveis e de uma fantasia soberba. Carregou-me muitas vezes às costas. E agora, como me
atemoriza a imaginação! Sinto engulhos. Era aqui que se encontravam os lábios que eu beijei não sei
quantas vezes. Onde estão agora os chistes, as cabriolas, as canções, os rasgos de alegria que faziam
explodir a mesa em gargalhadas? Não sobrou uma ao menos, para rir de tua própria careta? Tudo
descarnado! Vai agora aos aposentos da senhora e dize-lhe que embora se retoque com uma camada de
um dedo de espessura, algum dia ficará deste jeito. Faze-a rir com semelhante pilhéria. Dize-me uma
coisa, Horácio, por obséquio.

É possível que ao falar de Yorick, Shakespeare estivesse se referindo a Tarlton.
No palco, Richard era um exímio improvisador, diz-se que suas respostas às tiradas da plateia eram espetaculares.
Suas peças, estão todas perdidas. Após a morte de Tarlton, William Kemp assumiu o lugar de melhor comediante do teatro inglês.

Bibliografia:
Encyclopedia Britannica: https://www.britannica.com/biography/Richard-Tarlton
O Teatro de Shakespeare: Sérgio Viotti
William Shakespeare: https://williamshakespearewilliam.blogspot.com/2009/02/hamlet-ato-v-cena-i.html

Texto por: Gabrielle Risso (mas pode me chamar de Gabi)

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s