EcoFalante

Hoje nós temos um assunto um pouco diferente pra conversar: Mostra de Cinema! Exatamente, agora o TeE, que AMA TODAS as formas de arte também vai falar sobre Cinema, curte? então fica ligado!

A mostra EcoFalante de cinema já está acontecendo desde 12 de agosto e é um evento importante para o audiovisual brasileiro, dedicado ao debate de temáticas socioambientais, ele reúne 98 títulos de mais de 20 países e ainda vai até 20 de setembro.
É um evento online e totalmente gratuito, conta com novidades diárias e até 11 sessões por dia, os títulos ficam disponíveis às 15h00, por um período de 24 horas, com até cinco exibições de cada um.

Organizado em torno das temáticas: Ativismo, consumo, economia, emergência climática, povos e lugares, tecnologia e trabalho. A mostra traz diversos debates em cima dos filmes disponíveis sempre com especialistas e pesquisadores da área.
Além dos debates também rola O Concurso Curta Ecofalante que é um incentivo àqueles que estão no início de suas carreiras, são filmes universitários, de alunos de escolas técnicas e de cursos livres de cinema.

Dica para o fim de semana

“Botando pra Quebrar”, de Lech Kowalski
Esse sábado (29/08) às 19h  tem o debate Trabalho: Aceleração da precarização e Sinais de Resistência. A sessão vai contar com quatro filmes que abordam a temática, sendo o principal Botando pra Quebrar um documentário na pequena cidade de La Souterraine, no interior da França, no qual operários de uma fábrica diante da possibilidade perda de empregos decidem ocupar a mesma. O filme ficará disponível a partir da sexta (28/08).

Poster “Botando pra Quebrar”, de Lech Kowalski

Nas palavras do sociólogo Ricardo Festi, os filmes selecionados “abordam diferentes realidades e perspectivas sobre as condições de trabalho e sua exploração por parte do capital, assim como suas múltiplas formas de resistência”.

Destaques
Disponível a partir do dia 08/09 Jawline: Ascensão e Queda de Austyn Tester, de Liza Mandelup, segue uma estrela adolescente de 16 anos em ascensão, suas lives são seguidas por mais de 20 mil garotas.

Poster “Jawline: Ascensão e Queda de Austyn Tester” (EUA), de Liza Mandelup

 O documentário adentra no mundo dos jovens influencers, youtubers e instagramers que sonham com fama e dinheiro e abre o diálogo. Qual a real influência dos influencers?

Um dos maiores destaques da mostra é o filme Acqua Movie, de Lírio Ferreira, o longa é sobre um menino de 12 anos, que encontra seu pai morto na banheira de casa. Sua mãe que está gravando um documentário sobre causas indígenas na Floresta Amazônica retorna para o funeral. Seu filho a convence de levar as cinzas do pai para sua cidade natal, no nordeste do país.

Poster “Acqua Movie”, de Lírio Ferreira.

Na estrada mãe e filho reinventam a narrativa do afeto e oscilam entre o percurso afetivo e a dramatização de discussões maiores.

O Concurso Curta Ecofalante conta com diversas filme excelentes feitos por universitários brasileiros. Escolhi cinco destaques que você não pode perder, eles vão de filmes com 4 minutos até 28 minutos e abrangem os temas mais diversificados possíveis.

O Garoto do Fim do Mundo, de Antônio Victor e Lailson Brito
Quando seu pai, um caminhoneiro, sofre um acidente doméstico que o impede de trabalhar por alguns meses, Gean tem seu futuro colocado em questão: seguir os planos do pai e trabalhar como motorista ou seguir seu sonho de se tornar uma Drag Queen?

O Verbo Se Fez Carne, de Ziel Karapotó
A invasão dos europeus em Abya Yala nos deixou cicatrizes. Ziel Karapotó utiliza seu corpo para denunciar cinco séculos de colonização e suas consequências aos povos originários.

Beat É Protesto – O Funk Pela Ótica Feminina, de Mayara Efe
Onde estão e quem são as minas que compõem o movimento do funk? O funk sempre foi uma forma de protesto e ser mulher também é! O filme retrata a cena underground das mulheres no funk de protesto da última decada de São Paulo. Os depoimentos vêm de mulheres transgênero e cisgênero que transitam em diferentes funções dentro desse universo como cantoras, DJs, beatmakers, produtoras, empresárias, MCs, dançarinas e também de drag queens. Com participação de Renata Prado, Juju ZL, Pabllo Vittar, Linn da Quebrada, Amanda Coelho, Kiara Felippe, Rubia Mara, MC Dezyrre, Meeduza, Urias, Badsista, Kaya Conky, Mc Keron, Mc Fatinossa e Mafalda.

Desculpe Interromper o Silêncio de Sua Viagem, de Maiara Astarte
Documentário que retrata o dia a dia dos vendedores ambulantes do Rio de Janeiro, eles contam sobre seus sonhos, anseios e a dura realidade que enfrentam todos os dias nos ônibus da cidade

Correntes, de Charles dos Santos
Mãe, esposa e filha falam sobre a realidade de se conviver com a ausência de um ente querido encarcerado.

Todas as exibições você encontra na plataforma www.ecofalante.org.br
Os debates serão ao vivo no facebook: (facebook.com/mostraecofalante)
e no Youtube (youtube.com/mostraecofalante).
Os filmes também poderão ser acessados pela Videocamp e Spcine Play.

Texto por: Ellen Caroline

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s